A Materialidade e a Linguagem do Entretenimento: Capacitação Cognitiva em iniciativas Hackers Dedicadas a Games

José Messias

Abstract


Interessado nos vieses materiais e cognitivos do entretenimento, este artigo pretende tratar dessas implicações tendo como referencial a cultura gamer. Suscitando uma discussão baseada em autores como Latour (2005), Norman (1993), Pereira e Polivanov (2012), entre outros, busca-se propor uma abordagem que trate dos processos de capacitação cognitiva e produção de subjetividade que supostamente seriam promovidos pelas práticas de entretenimento contemporâneas, principalmente no âmbito da cultura digital.

Full Text:

Paper

Refbacks

  • There are currently no refbacks.